[Resenha] O Aniversário, de Alex de França Aleluia – Modo Editora

O Aniversário - Escrev'ArteTítulo: O Aniversário

Autor: Alex de França Aleluia

Editora: Modo

Páginas: 203

Gênero: Suspense, Literatura Juvenil

Fonte: Cortesia do Autor

Skoob

Sinopse (Fonte: Skoob) O ANIVERSÁRIO- 15 ANOS

O que você faria se soubesse o que irá acontecer na festa de seu aniversário?

Talita é uma menina que está prestes a completar seus 15 anos e está louca por uma grande festa, mas na noite de seu aniversário, seu pai foi assassinado.

Porém, nota que tudo não passou de um grande sonho e ao acordar, identifica que este terrível pesadelo está se tornando realidade. E tudo começa a acontecer novamente, com mudanças de algumas situações e ela vai fazer de tudo para anular sua festa para que nada aconteça com o seu pai.

E VOCÊ ESTÁ CONVIDADO PARA ESTA FESTA!

RESENHA

Qual seria a sua reação se, após ter um sonho horrível – ou uma premonição, ou uma visão, como preferir -, começasse a perceber já nas primeiras horas após acordar, que todo o seu pesadelo está se tornando real, ou quase real com pequenas alterações? Pois bem, é isso que Talita vive nesta história.

Ela chega ao interior para passar uns tempos com seu pai, e logo coisas estranhar passam a acontecer. Mesmo sem ir em busca de encrenca, parece que a encrenca vai atrás dela. Além disso, tem de lidar com detalhes no comportamento do pai que geram uma certa estranheza nela, e com o amigo do pai, que está sempre por ali, mais presente do que deveria, e que começa a ter atitudes nada respeitosas a seu respeito. De fato a vida de Talita não está lá muito tranquila.

Para coroar tudo isso, na manhã do seu aniversário de 15 anos ela acorda com a sensação estranha de já ter vivido aquele dia e pior, seu pai fora assassinado. Aos poucos percebe que teve uma visão da realidade, está dentro de um dèjá-vu que não termina nunca. Agora teria de fazer alguma coisa, conseguiria evitar o desastre?

Em narrativa bastante clara e direta, Alex apresenta uma história ágil e envolvente. A leitura flui bem e rapidamente é possível concluir a leitura. A sensação de dèjá-vu em que Talita vive o seu dia é bem retratado e gera no leitor a lembrança das vezes em que viveu isso. Sei que estas experiências são comuns e que todos nós já a sentimos pelo menos uma vez em nossa vida… Sabemos, segundos antes, o que virá em seguida e tudo se encaixa e acontece exatamente daquela forma. Imagine esta experiência se permanecer ao logo dos acontecimentos? Não ser somente uma sensação passageira? É ao mesmo tempo instigante e assustador.

A ideia central da trama é bem desenvolvida e, como citei, foi escrita de forma clara e direta. Qualquer pessoa de qualquer idade e com qualquer experiência literária poderá ler e se envolver e acompanhar a história. O autor é professor, e este aspecto de “explicação dos detalhes” fica claro em suas frases e diálogos. Me lembrou um pouco o estilo narrativo dos livros que compunham a Série Vagalume, célebre coleção que gerou centenas de grandes leitores por suas histórias envolventes e claras.

Encontrei alguns erros de revisão, que acredito deverão ser sanadas em novas edições. A diagramação da Modo Editora está uma graça, com inserção de símbolos, imagens e detalhes ao longo de toda obra, além de uma capa que retrata claramente o cerne da história – o medo e a festa. Bacana!

Recomendo aos leitores jovens que são fãs de histórias de suspense e de mistério.

 

Avaliação da obra
Data da avaliação
Minha nota:
31star1star1stargraygray

Comente aqui... Agradecemos sua participação!