[News] Entrevista com Décio Gomes, autor de seis livros premiados

Décio Gomes é pernambucano e tornou-se amante da literatura de terror e mistério quando criança. Iniciou a carreira literária em 2012 e já acumula uma boa bagagem: são seis livros publicados em plataformas digitais e por editoras, além de alguns prêmios como o Clarice Lispector de melhor romancista do ano.

O Escrevarte bateu um papo com o autor sobre o processo de criação de seus livros e a dificuldade em ser escritor no Brasil. Confira abaixo as respostas de Décio:

Escrevarte: Você já publicou seis livros, né? Sendo que o primeiro foi lançado em 2012. Você escreve rapidamente ou já tinha um encaminhamento para os outros?
Décio: Esses seis livros são referentes a três séries diferentes, por isso eu escrevo rápido, pra nenhuma das séries ficar esperando demais.

 

E: Em qual categorias seus livros se encaixam mais? Ficção ou Não-ficção?
D: Sim, são todos de ficção sobrenatural. Sempre com um toque mais sombrio.

 

E: E suas maiores inspirações, quem são?
D: Edgar Allan Poe, Joseph Delaney e Lemony Snicket. São meus favoritos!

 

E: Eles são livros físicos ou apenas digitais?
D: Ambos. Atualmente lanço pela Editora Coerência, pela Editora PEL, e também lanço os livros em e-book pela Amazon.

 

E: Quais prêmio de literatura você já ganhou?
D: Eu fui indicado ao Prêmio São Paulo de Literatura em 2013, na categoria Melhor livro do ano de autor estreante. Recebi alguns prêmios em listas de blogs come melhores leituras do ano e em 2015 recebi o prêmio Clarice Lispector como um dos melhores romancistas do ano.

 

E: Dá para viver só de livros?
D: Sim. Atualmente vivo só de livros, vendendo os meus e também fazendo capas. Trabalho para algumas editoras.

Sobre os livros: 
Décio é autor dos livros Albertine, Minueto da Madrugada, In Nomine Patris, In Nomine Patris II e da duologia Equilibrium. Conheça os livros abaixo:
decioAlbertine – As Crônicas de Ridell Volume I

Jeremy e Albertine cresceram juntos, e com eles cresceu também o amor. Em sua idade adulta, após uma série de infortúnios que fortaleceram ainda mais o amor do casal, são obrigados a mudar-se para a Mansão Ridell, única herança do jovem Jeremy após o falecimento de seu pai, tirano e ausente,  que escondia do único filho a existência do que lhe era de direito. Chegando à mansão – uma construção antiga há duas décadas abandonada no coração de uma floresta -, junto de sua amada Albertine e também de Rosa, a fiel governanta, Jeremy passa a conhecer os segredos obscuros de sua família. Logo os motivos do abandono da mansão tornam-se claros:  a escuridão e o horror habitavam a grande casa, e estavam dispostos a destruir não só o amor do casal, mas também a tirar a vida da jovem e inocente Albertine.

Minueto da Madrugada – As Crônicas de Ridell Volume IIdecio 2

Após a morte de sua mãe, mudando-se da Alemanha para o interior da Inglaterra, a jovem Rosa Vogelsang ansiava, acima de qualquer coisa, construir uma nova vida longe de tudo que conhecia. Contratada pelo senhor Joseph Ridell, um importante homem de negócios da região, é levada para administrar a imponente mansão que carregava o sobrenome de seu dono: uma construção antiga, isolada no coração de uma vasta floresta, de paredes espessas e carregadas de eras e histórias. Pouco depois de sua chegada ao novo lar é apresentada a Dianne, a bela e enigmática noiva de seu patrão, e no decorrer de seus dias, graças à ausência de Joseph, aproximam-se e tornam-se grandes amigas. Lentamente, porém, a jovem governanta passa a descobrir que coisas horríveis e inimagináveis ocorrem no interior da mansão. Entre aquelas mudas paredes a madrugada trazia muito mais do que trevas, e para seu grande temor, a cada novo anoitecer, percebe que a nova e querida amiga está muito mais ligada aos segredos obscuros da família do que ela podia imaginar. Segredos, revelações e terríveis descobertas fazem de Minueto da madrugada um importante capítulo na história da família Ridell. Quando a luz se esconde e as sombras se derramam, um novo ciclo de horrores é iniciado, e com eles vem a certeza de que, cedo ou tarde, o mal encontra o caminho de casa.

decio 3In Nomine Patris – Dominus Mortuorum Livro I

Jullian Bergamo é um padre missionário que realiza trabalhos para a igreja católica. Mas não um padre comum. Ele é um venator: um membro da igreja especialmente treinado para caçar e eliminar demônios. Após ser transferido de sua antiga comunidade para a cidadezinha de willinghill, Jullian depara-se com um caso singular: pessoas mortas levantando-se de suas tumbas e vagando livres pela cidade. Logo ele conhece a origem do problema: o Mormo, um terrível demônio necromante que possui cadáveres e os transforma em violentos mortos-vivos. Munido com sua fé e coragem, o jovem padre enfrentará um dos casos mais marcantes de sua trajetória como venator: eliminar o Mormo, enquanto tenta sobreviver às hordas de mortos-vivos que farão de tudo para devorar cada pedaço de sua carne.

In Nomine Patris II – Sanguinis Sigillum Livro IIdecio 4

Ao receber uma carta de urgência, lacrada pelo selo da Ordem Mundial de Venatores, Jullian Bergamo é levado até Bedford, uma pequenina cidade longínqua cercada por uma vasta floresta. Lá, reencontra-se com o velho Mills, um venator aposentado que precisava de sua ajuda para conter um mal iminente: um ser encapuzado que estava a misteriosamente sequestrar crianças durante as madrugadas. Estudando a cidade e seus moradores, Jullian vê-se cercado por novos aliados, mas também por novos e perigosos inimigos. Pelas ruelas escuras e pelas entranhas da floresta surge, assim, uma trama onde nada é o que parece, e que pouco a pouco leva o jovem padre a descobrir sobre um terrível mal secular que, com a ajuda de uma poderosa feiticeira, de tudo fará para libertar-se das mais obscuras profundezas.

Equilibriumdecio 5

Luca é um consultor espiritual que possui um dom que vai além de conversar com espíritos. Ele nasceu com um olho azul e um castanho. O olho castanho vê o mundo dos vivos. O olho azul vê o mundo dos mortos. Retirado de sua vida pacata por um misterioso senhor interessado em uma consulta espiritual particular, Luca descobre ser o único capaz de quebrar as regras do universo além-vida. Graças a isso recebe uma missão: atravessar ao Reflexo, o mundo paralelo dos mortos, para encontrar o Equilibrium, o ser responsável pela manutenção do fluxo de espíritos vagantes que descontroladamente se acumulavam no mundo dos vivos. No Reflexo, uma visão distorcida e espelhada de seu próprio mundo, Luca encontrará uma grande aventura, assim como ferozes inimigos e também uma nova amiga que o ajudará em sua busca alucinante através das ruas habitadas por centenas de espíritos vagantes.

Gostou dos livros? Todos estão à venda no site do Décio, basta clicar aqui.

1 comment

  1. Recentemente li o In Nomine Patris I, que tinha adquirido com o autor, e gostei bastante. tem uma narrativa envolvente e um ritmo acelerado, sem descrições tediosas (amei isso). Foi uma história intrigante e com um toque de terror bem equilibrado. Torço para que o segundo volume, já adquirido e na fila de leituras desse ano, seja tão bom quanto.
    E quero muito, num futuro próximo, também comprar e ler Albertine e Minueto da Madrugada, que são bem comentados pela blogosfera.

Comente aqui... Agradecemos sua participação!