[NEWS] Devaneio, de Augusto de Brito

dark-beast-of-darkness-xl

    Livro está disponível na Amazon em formato digital.

Olá leitores!

A novidade que indicamos para o mês de janeiro é o livro ‘Devaneio‘, escrito pelo mineiro Augusto de Brito (31) e que traz uma narrativa sobre um homem que desperta em um local desconhecido sem se recordar ao certo como chegou até ali ou quem realmente é. As únicas pistas que têm são três fotos encontradas em um dos bolsos de suas vestes. Tem, porém, a memória de que precisa concluir uma importante missão.

Segundo o autor, foram necessários cerca de dois anos e meio para escrever o romance de 669 páginas. “Eu escrevi metade do livro em três meses, quando estava trabalhando na África, depois larguei por mais de um ano e no início de 2016 me propus a terminar, depois de pronto tive que passar pelo processo de revisão e correção antes de disponibilizá-lo. No total, acredito que eu tenha passado uns 6 meses no processo de escrita”, afirma.

Brito ainda conta que o roteiro já estava praticamente finalizado em sua mente há algum tempo. “Eu tinha alguns ‘universos’ bolados na cabeça, uns mais filosóficos e outros com mais ação, que fui criando com o tempo. Partes deles surgiram por influências de coisas reais, outras surgiram na minha cabeça simplesmente. O que eu fiz foi juntá-las em um único enredo”, comenta.

Por enquanto, a obra está disponível apenas em formato digital, na Amazon pelo valor de R$10. Brito ainda busca editoras que possam fazer a publicação impressa.

Outros trabalhos do autor podem ser vistos neste link.  A indicação de leitura é para pessoas que tenham entre 16 e 35 anos e gostem de ficção.

Ficha Técnica

dark-beast-of-darkness-xlTítulo: Devaneio

Autor: Augusto de Brito

Número de páginas: 669

Editora: Independente

Compre aqui 

Sinopse enviada pelo autor: Não se sabe como ou em que circunstâncias aquele homem havia chegado até a praia, as roupas molhadas sugeriam que ele poderia ter vindo do mar. Atordoado ele despertou confuso. Não sabia quem era, de onde vinha, nem porque estava ali, só tinha uma certeza, uma missão, algo que o chamava fortemente e que guiaria seu caminho em busca de respostas. Em busca de clareza.
Munido apenas de três fotos em seu bolso, e sem saber que o mundo em que despertara estava sendo tomado pela escuridão e terror, criados por uma entidade sombria, será ele capaz de encontrar as respostas que procura? E qual seria sua ligação com essa entidade e a destruição que ela vinha causando?

Uma narrativa não linear, que flui sutilmente através da visão e lembranças de diferentes personagens, permitindo ao leitor compreender os diferentes processos de formação de cada um, sendo impossível não se apegar aos diferentes núcleos da história. Devaneio possui um enredo de ação, alimentado por criaturas fantásticas, malignas e humanas, que interagem em relações que vão muito além do “bem contra o mal”, passando pelas esferas, conceitos e questionamentos que envolvem a imaginação, fé, crenças e religião.

 

Comente aqui... Agradecemos sua participação!