O Coletivo Aleatório, de Luis Marra – Editora Hedra

13558927_1628164127498512_5942810294075130230_oTítulo: O Coletivo Aleatório

Autor: Luis Marra

Editora: Hedra

Páginas: 160

Gênero: Literatura Nacional, Contos

Fonte: Cortesia da Editora

Compre aqui

Sinopse (Fonte: Site da Editora) Esse conjunto de narrativas, que marca a estreia de Luis Marra, tem como ponto de partida as experiências do autor no decorrer de seus mais de quinze anos de medicina exercida na periferia da Zona Leste de São Paulo. Temos portanto um narrador que se distingue de seu objeto por sua formação cultural, um narrador cujo alheamento daquele cenário foi paulatinamente apagado por sua permanência continuada.

Isso não impede que o leitor perceba, nas entrelinhas desses textos, o atrito entre esses mundos diversos na presença de um narrador que, cultivado, promove recortes e correções à realidade efetuada na narrativa, condição para o que se quer literatura e não apenas caderno de observações.

RESENHA

Este respeitável livro de Luis Marra nos mostra que a literatura pode ser diferente, e isto é bom.

Particularmente estranhei vários contos que fazem parte do livro, mas isto não quer dizer que não tenha gostado. Pelo contrário, consegui ficar absorto em cada conto que lia, sendo difícil mencionar o que mais gostei.

Os contos apresentados na obra diferem muito entre si. O primeiro conta a história de um rapaz à procura do pai, enquanto o último, que tem como título o mesmo do livro, conta a jornada de um coletivo e seus passageiros que, quando o mesmo muda de trajetória, ficam fascinados pela surpresa e êxtase que uma simples mudança em um dia monótono pode causar. As mudanças nos contos não são perceptíveis somente em seus conteúdos, mas também na forma em que é passada a história, o que pode causar um certo estranhamento no leitor.

Outro ponto importante é a percepção que o autor teve para transcrever seus personagens, pois todos são pessoas que notoriamente são de uma cidade grande ou vieram viver nela, e as características destes dois grupos são muito marcantes, resultado de um longo período em que o autor trabalhou como médico em comunidades com estes dois estereótipos.

A edição da editora Hedra é simples, mas o mais importante a ser considerado é a chance que a obra teve para ser publicada, não seria qualquer editora que se aventuraria a publicar um livro deste, assim como imagino não ser qualquer leitor que se comprometeria com a leitura, mas quem tiver a chance deve aproveitar.

 

Avaliação da obra
Data da avaliação
Minha nota:
41star1star1star1stargray

Comente aqui... Agradecemos sua participação!