[Resenha] O Sumiço de Beatriz, de Carolina Matsuo [por Pedro Moraes]

Título: O Sumiço de Beatriz
Autora: Carolina Matsuo
Páginas: 335
Gênero: Ficção policial
Skoob
Compre aqui
Avaliação: 

SINOPSE

“Em meio a acordos entre a petrolífera brasileira e a venezuelana, uma organização paramilitar liderada por corruptos faz negociações com militares venezuelanos para produzir um instrumento de guerra, que apenas duas pessoas são capazes de desenvolver: Beatriz, uma estilista que ganhou vários prêmios como figurinista e maquiadora, criada por sua tia, Giselda; e o professor Dr. Yaacov Baum, um professor-pesquisador judeu de uma prestigiada universidade.Durante a negociação do projeto de tal instrumento, num evento responsável por uma série de explosões, Beatriz foge do cativeiro, mas o professor é ferido, e sua tia, que estava no local, é dada como morta.Beatriz recorre ao seu amigo de infância, Tomaz, e tenta lhe contar os fatos. Porém, antes mesmo que ela explique o que está acontecendo, é obrigada a fugir dos militares que a perseguia. Tomaz, chef de cozinha e dono do Tradicional Café, sem entender o que está acontecendo, e preocupado com a atitude da amiga, mergulha em uma profunda investigação para encontrá-la. Eventualmente, ele acaba descobrindo uma rede de intrigas e corrupção que envolve um mercador de armas, as FARC e algo muito além do que ele poderia imaginar.”


RESENHA

Atenção!!! Cuidado com movimentos à sua volta sem razão aparente, sombra sobre sombra e objetos que mudam de posição como que por mágica… Você pode estar mais envolvido com a obra de Carolina Matsuo do que imagina rsrs.
Toda a trama, bem construída, se passa no Brasil e em cidades bem conhecidas. Os personagens são brasileiros em sua maioria e as situações criadas bem próximas às que vivemos no dia a dia… Isso nos coloca como co-personagens muito ativos ao longo de suas 335 páginas. Melhor ainda: o pano de fundo são as relações entre empresas petrolíferas e seus acordos comerciais e políticos do Brasil e Venezuela, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC) e até venda de projetos para membros da Al Qaeda!
Vamos lá…
Será possível se tornar invisível sem pensar em feixe de elétrons, dimensões ou universos paralelos, mundos espelhados, física quântica ou outros malabarismos? Sim.
A autora teve uma ideia genial: uma roupa confeccionada com dispositivos que camuflam quem a veste e a torna invisível a olho nu. Espetacular! A estilista Beatriz precisa se esconder para não ser forçada a desenvolver tal roupa. Por isso, passa a ser perseguida por membros de uma organização paramilitar e acaba envolvendo (sem querer) seu amigo Tomaz.
Tomaz é dono do ‘Tradicional Café’ em São Paulo e sente a necessidade de buscar informações sobre o paradeiro de Beatriz. Ele não sabe, mas se mete numa grande encrenca, pois os paramilitares e seus chefes acham que ele sabe onde se encontra sua amiga. 
Assim, capítulo após capítulo, os eventos dessa trama são apresentados de forma bem coerente pela autora. Professores, tia Giselda, Alex e Túlio são personagens onde o enredo flui naturalmente e a leitura é muito dinâmica, meio que no estilo Dan Brown. Bem construídas são as cenas de tocaia na casa de Tomaz, na Universidade ou em alguma esquina, sempre com um Pálio preto ou um Audi Q3 (você vai rir muitas vezes pelo estilo meio “pastelão” dos agentes).
O final surpreende, pois é bem estruturado e não deixa nenhuma pergunta sem resposta. Livro bem diagramado, páginas amarelas e uma capa que chama a atenção de quem a vê.
Obra de autora nacional e com uma “pegada” que a coloca ao lado dos grandes nomes do gênero ficção científica. O livro O Sumiço de Beatriz é excelente e indispensável para o leitor que aprecia e admira os caminhos que um escritor percorre para transmitir seus sonhos. Afinal, escrever sonhos é mais difícil que sonhá-los!
Ao final encontramos um glossário com algumas palavras e expressões usadas ao longo dos seus 24 capítulos, mais um cuidado da autora com seus leitores. Sem dúvida, recomendo a leitura.

7 comments

  1. Anônimo

    A resenha causou-me interesse pelo enredo da história, pois o suspense sobre o sumiço da personagem é instigante. Vou ler e obrigada pela dica.

  2. Oi Pedro, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, ainda não tinha visto nenhuma resenha. A trama é sim interessante, e achei muito diferente tbm, uma história com roupas que te deixam invisível a olho nu e o envolvimento de bastantes personagens e altas perseguições. Sua resenha foi bem esclarecedora sobra a abordagem do livro, mas não me interessei muito pela premissa, trama e gênero.

    Bjs Mih!
    paradisebooksbr.blogspot.com

  3. Olá Pedro Moraes! É de grande satisfação ler sua resenha! Também fico muito contente por ter apresentado aos leitores o pano de fundo que é essencial para o entendimento da trama.
    Ainda não havia sido comparado com Dan Brown, uma blogueira comparou com uma pegada de Stieg Larsson, e outros. De qualquer forma, agradeço novamente pela parceria com a Nadja Moreno e espero que os leitores fiquem ainda mais entusiasmados em ler O Sumiço de Beatriz.

    Para os leitores que queiram saber mais sobre a obra, como booktrailer, quotes, ler os primeiros capítulos gratuitamente, além de participarem de sorteios, convido a conhecer a fanpage O Sumiço de Beatriz e acompanhar as postagens.

    https://www.facebook.com/OSumicodeBeatriz

    Obrigada!
    Bjo, bjo

  4. Oi Nadja tudo bem, curti o alerta da resenha kkkk boa!
    Bem o que dizer sobre o livro, fiquei curiosa para saber mais sobre ele, bem interessante a proposta da autora nunca li nada do gênero, dica anotada, resenha perfeita!
    Bjkas
    Dani Casquet – Livros, a Janela da Imaginação

  5. Oi Pedro, tudo bem? Não conhecia a autora ou o livro mas achei a premissa super diferente e interessante. Não costumo ler ficção científica, mas gostei de saber que o livro é bem estruturado e sem pontas soltas! É ótimo ver tantos autores nacionais fazendo sucesso com suas obras!!!

    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

Comente aqui... Agradecemos sua participação!