Semana “Livros em Pauta” Post #6 – Final

Pessoal, tudo bem?

Agradeço as visitas e comentários nesta semana dedicada ao evento Livros em Pauta. Foram 7 entrevistas que realizei e faço uma reverência aos entrevistados, pessoas extremamente gentis comigo: Lara Luft, Paulo Xavier, Priscila Dritty, Doug Pereira, Felix Alba, Caroline Policarpo e Driely Meira (a entrevista de Caroline e Driely seguem abaixo).

Mais do que ‘entrevistados’ se tornaram amigos unidos pela mesma paixão. Adorei bater este papo com vocês, adorei poder estar no evento Livros em Pauta que me gerou esta oportunidade. ^^ Obrigada!!!!! 🙂

Driely Meira

Escrev’Arte: Fale um pouco sobre
você… Quem é a autora Driely Meira?
 
Driely: Essa é uma pergunta difícil, rsrs. Bom, Driely Meira é
uma pessoa sonhadora, que gosta de conhecer coisas novas, e um tantinho
preguiçosa…rsrs. Não sei bem como “descrevê-la”, e não sou boa em
falar em terceira pessoa, então, voltemos para a primeira… Sou um pouco
anti-social, e acho que esse é um dos motivos pelos quais eu prefiro ler ao
sair de casa. Sou louca por livros, e sempre quis ter um meu publicado.
Escrev’Arte: Quais são as
antologias que você participa, e quais são seus contos?
 
Driely: Eu participo da antologia “Amores
(Im)possíveis”, que é sobre contos de amor, e o meu conto se chama
“Amor proibido”  (nada clichê, não?)
Escrev’Arte: Fale um pouquinho
sobre um deles.
 
Driely: A ideia de “Amor proibido” veio quando um
relacionamento meu não deu muito certo. Bem que dizem que namoro pela internet
nunca funciona, e foi assim que aconteceu comigo. Tínhamos acabado de
“terminar” quando vi que a Andross iria publicar uma antologia de
contos de amor, e ai acabou nascendo Amor proibido.
Escrev’Arte: E como está a emoção
por ter uma obra publicada?
 
Driely: Nas alturas…rsrs… Confesso que fiquei um pouco
perdida no evento, não sabia para onde ia e quem cumprimentava, mas acabei
encontrando uns rostos conhecidos, trocamos algumas palavras e autógrafos,
hihi. Nunca imaginei que conseguiria ter uma obra minha publicada, e estou
muito feliz em ter conseguido.
Escrev’Arte: Tem algum livro no
forno para ser lançado em breve?
 
Driely: No momento estou escrevendo outros contos, e uma
história, que estou torcendo para virar um livro, mas não prometo nada…rsrs
Escrev’Arte: Qual seu autor de
referência?
 
Driely: Muitos autores me inspiram, mas não tenho um em especial.

Escrev’Arte: Gostaria de deixar um
recado para os leitores de Escrev’Arte?
 
Driely: Primeiramente, gostaria de agradecer à Nadja, por me
encaixar no espacinho dela…rsrs… E também queria dizer que por mais
impossíveis que possam parecer, os sonhos não são impossíveis. Ás vezes eles só
precisam de um empurrãozinho para se realizarem, e esse empurrãozinho pode ser
um passo seu. Por isso, não desistam de seus sonhos, mesmo que sejam
difíceis.
  

Caroline Policarpo Veloso

Escrev’Arte: Caroline, você está em qual antologia?
Carol: Estou em “segredo da Crisálida”, “Sonhos Lúcidos” e “Livre para Voar”.

Escrev’Arte: Que bacana, qual é o seu preferido dentre os seus contos. De qual você gosta mais?
Carol: Humm, eu acho que o de Sonhos Lúcidos, que é “A última noite”.

Escrev’Arte: Me fala um pouquinho deste conto.
Carol: Ele é sobre vampiros. De uma garota que gosta de contas histórias e ela tem um sonho muito intenso com uma história sobre vampiros. Enquanto ela está contando esta história para alguns amigos, ela descobre que na verdade é uma realidade… O sonho foi uma espécie de visão, e o vampiro que ela sonhou aparece na casa dela…

Escrev’Arte: Uau, que legal! E você tem outras estórias, outros livros? Como é o seu caminho como autora?
Carol: Estas antologias são a minha primeira publicação…

Escrev’Arte: E você já tem alguma ideia, um projeto para um novo livro?
Carol: Eu terminei um romance juvenil agora. Eu estou subindo para o Pitshing, vou falar com o pessoal da Giz Editorial, vou ver se eu consigo encaminhar este livro! Anteriormente ele já foi aceito pela Novo Século mas com um compromisso de venda, portanto ainda estou analisando outras opções.

Escrev’Arte: Que joia! Corre lá então, e boa sorte!!!

(O áudio da entrevista abaixo contém o original do dia do evento. Porém conversei um pouco com a simpática Carol depois, e inserimos algumas informações, por isso vocês podem notar um pouquinho de mudanças ente o texto acima e o áudio.)

A entrevista com Caroline foi curtinha porque ela realmente estava correndo para o Pitching… E o que é o Pitching???

Imagine
que você acabou de escrever um livro e, por acaso, encontra no elevador
um editor de livros. É uma oportunidade única que você não pode perder
de tentar convencer aquele editor a querer, pelo menos, ler sua
história. Você terá poucos minutos para explicar toda a ideia. Por isso,
deve ser muito sucinto. Isso é chamado de pitching pelos americanos. E é
isso o que queremos fazer no Livros em Pauta: possibilitar que editores
e escritores se encontrem por 5 minutos e conversem sobre o projeto
daquele escritor. O intuito é que esse escritor receba orientações desse
editor, caso a obra ainda não esteja pronta. Mas, se estiver, talvez
esse editor possa querer publicá-la. O importante é a conversa. Não é o máximo??? No Livros em Pauta você pode sair com meio caminho andado para a publicação de sua obra…

Então não perca tempo. Termine sua obra e participe do próximo Livros em Pauta – em breve!

É isso pessoal, espero que tenham gostado da cobertura do evento e, como citei na postagem #1, vou sortear no domingo um livro da Editora Andross entre os que comentaram (exceto os autores, claro haha). Portanto, comentem antes de domingo, para concorrer ao prêmio!

Voltamos com outra Semana Livros em Pauta daqui alguns meses, em sua Edição 4! Se Deus quiser! 🙂

 
Beijos e boas leituras a todos!

Comente aqui... Agradecemos sua participação!